sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Jurema dispensa funcionários e obra para mais uma vez

Atualizado 01/12 
"Se fizer eu vou arrastando a bunda de São Lourenço à Dom Inocêncio"

A novela do asfalto de Dom Inocêncio teve mais um capítulo nesta quinta-feira (30/11), agora com a participação do governador Wellington Dias e da secretária de infraestrutura Janaína Marques que concederam entrevista ao jornalista inocentino Marcelo Damasceno no canal OKTV/NGT.

Segundo o governador, questionado sobre a paralisação da monumental obra, "é normal, as pessoas são muito pessimistas e céticas. Só tem problema que faz obra, quem não faz obra não tem problema. As pessoas dizem que "se  fizer o asfalto eu vou arrastando a bunda de São Lourenço a Dom Inocêncio", assim vamos então fazer bem lisinho, brincou o governador mostrando, mais uma vez, seu  talento pra humor inconfundível. Neste momento, o que a empresa está fazendo são obras de estrutura como pontes, sarjetas, tubulações, devido ao período de chuvas.

governador afirmou que visitará Dom Inocêncio no primeiro semestre de 2018. "O asfalto vai sair e vai quebrar a cara quem apostar contra", disparou Dias.

Já a secretária Janaína Marques insistiu em afirmar que a obra não parou, apenas diminuiu a velocidade, por causa do período chuvoso. "Segundo a empreiteira, não tinha como fazer a terraplanagem e colocar asfalto. Assim, diminuiu o número de funcionários e estão focando nas pontes. Não por falta de pagamento, como se pensava. E logo que passar este período, a obra volta à todo vapor. Estamos dentro do cronograma e não vai, de jeito nenhum, parar esta obra que é um compromisso do  governador.

Atualizado 27/11
Vice-prefeito de Dom Inocêncio, Marcos Damasceno, emitiu nota  sobre a paralisação da obra asfáltica PI-144. Confira na íntegra

NOTA
Dirigimo-nos ao povo de Dom Inocêncio...
A obra da PI 144 parou? Não, necessariamente. Fizemos contato com o próprio governador Wellington Dias e com a secretária de Infraestrutura do Estado, Janaínna Marques. A obra é do Governo do Estado. Agora, é fato que nossa gestão municipal está sendo estratégica para a realização da obra, pelo nosso conhecimento de causa e compromisso histórico. Entendemos a ansiedade das pessoas; fiquem tranquilas, tudo dará certo... O Governo nos garante isso, e nos dará uma posição oficial. Estamos atentos aos fatos, e cobramos informações. Não há omissão. Nem sempre o desejável é possível. São muitos os trâmites a serem tratados. São muitas as barreiras a serem vencidas. Assim que tivermos uma posição oficial, repassaremos à população.

Vale dizer, que nossos adversários municipais votaram em outro governador. Querem se aproveitar da situação para destilar o ódio político, o pessimismo de sempre e o falso moralismo. O serviço público é muito complexo. É um processo longo, precisa passar por várias avaliações, enfim.... É obrigação do governador Wellington Dias fazer a obra? É mais do que uma obrigação, é um compromisso dele com o município. É um dever parcialmente já cumprido, pelo que já foi feito. E missão nossa continuarmos lutando pela sua conclusão. Vale lembrar, que foi dever de todos os governadores que governaram o Piauí, depois que este município existe. Poucos fizeram. Justiça seja feita, Wellington Dias foi o que mais fez pela realização desta obra. No momento adequado Deus e o povo nos julgarão, e farão justiça pela luta e empenho de cada um.
É recorrente a ameaça do movimento dos nossos adversários. Ninguém ama mais Dom Inocêncio do que nós, que somos daqui. Viemos de movimentos populares. Reconhecemos os movimentos populares do município, e temos respeito por todos eles. Menos esse deles, pois não tem legitimidade popular; é da garagem da casa deles, não tem cheiro de povo. Com gaiatice e hipocrisia não se constrói democracia. Não existe salvador da Pátria! Desconfiem sempre disso. Os contatos do povo, que tem olhar positivo e reconhecimento sobre a obra, que nos interessam. É irresponsabilidade, da parte deles, querer vincular a obra a voto. Ela não cabe numa eleição. Esse movimento deles nunca foi nem será, o freio ou o acelerador da obra. Se eles pensam isso, estão sendo ingênuos.
Estamos desde o começo, no ano de 2005, e vamos até o fim! Só quem conhece essa longa caminhada e a verdade dessa luta histórica, sabe a importância e o valor da gratidão e da alegria por tudo que já foi feito. Aos trancos e barrancos, chegamos até aqui. As dificuldades foram tantas, e tais. Deus é maravilhoso! Até aqui, nunca ficamos parados. Até aqui, o que foi feito não foi fácil! Até aqui, o que foi feito não foi pouco! A gratidão é a marca maior do povo sertanejo. Como diz o próprio governador, nós só vamos sossegar quando a obra estiver concluída. Assim será!

Marcos Damasceno

Vice-prefeito, e Presidente do PT Municipal


"Desta vez o encarregado da obra, infelizmente, para tristeza geral dos inocentinos, era quem estava certo" 

Foi o que afirmou o jovem inocentino Gustavo Mendes, agora há pouco, vendo as máquinas da construtora Jurema deixando o canteiro de obras e indo trabalhar em outra freguesia.

O grande sonho inocentino, infelizmente, foi adiado mais uma vez, quem sabe agora, até quando.

O governador Wellington Dias, responsável pela obra da PI 144, esteve em Dom Inocêncio e garantiu que concluiria a estrada, mas os inocentinos já não tem tanta certeza assim. 

Nesta semana, a secretária estadual de infraestrutura, Janaína Marques, garantiu que a obra não iria parar, ao contrário do encarregado geral da obra que havia afirmado que a obra seria paralisada. 

Lamentável, faltando pouco mais de 30km para terminar  a majestosa obra e já com cerca de 10km de terraplanagem pronta vindo da sede de Dom Inocêncio, todos acreditavam que o sonho se tornaria realidade. Uma pena.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

As imagens são de Glória Nunes.